depoimentos

No palanque do Brigadeiro

12 ago 15
Perfil

Tom Eisenlohr recorda no Facebook:

 

Agosto, 1950. Primeiros passos de um jovem, 17 anos, no caminho do marketing político.  No palanque com o brigadeiro-aviador Eduardo Gomes, em campanha, disputando com Getúlio Vargas a presidência da República.

 

Nessa ocasião, o candidato da UDN cravou uma frase letal para sua candidatura: “Não necessito dos votos dessa malta de desocupados que apóia o ditador para eleger-me Presidente da República”.

 

Hugo Borghi, esperto político aliado de Getúlio, adulterou as palavras do brigadeiro, afirmando nas rádios e através de panfletos distribuídos nas ruas, que o Brigadeiro tinha dito não precisar dos votos dos marmiteiros!

 

Acontece que malta, pelo dicionário, também é sinônimo da comida que trabalhadores rurais levam em marmitas para se alimentar na roça. Espertamente, os getulistas aproveitaram-se disso e passaram a espalhar que Eduardo Gomes “é bonito e é solteiro, mas não quer voto de marmiteiro”.

 

No caso, imputava-se falsamente ao brigadeiro o preconceito contra os trabalhadores que comiam na marmita. Deu resultado: o brigadeiro naufragou e Getúlio venceu a eleição. Lição para os políticos de hoje em dia.

 

Foto: Acervo Tom Eisenlohr

 

 

Jornalistas, publicitários e especialistas em comunicação política trazem informação e análise para o debate público da atividade.
últimas publicações
notícias Posto Ipiranga barra propaganda de João Dória na justiça

Mônica Bérgamo informa:   O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) aceitou pedido...

exterior Estátuas de Trump nu divertem os EUA

Estátuas que satirizam o candidato republicano à presidência, Donald Trump, foram espalhadas em cinco...

opinião Campanhas para governar, não apenas para ganhar

Donald Trump e Hillary Clinton, em debate na eleição presidencial norte-americana, colocam o dedo...

técnica O voto de garrafa

Aprendi a expressão “voto duro” na Bolívia, quando atuei como consultor na campanha de...

pesquisas Penúria nas pesquisas, vôo cego nas campanhas

A eleição municipal já começou e o mercado de pesquisas eleitorais também está em...

regulação Lei Falcão 2.0 no horário eleitoral: restrições e benefício

Em 1º de julho de 1976 foi promulgada a Lei nº 6.339, batizada em...

financiamento Campanha barata ou injusta?

Michael Freitas Mohallem* comenta:   A última mudança nas regras eleitorais, em 2015, teve...

depoimentos Os Prisioneiros da Caixa 2

Ao final de seu depoimento ao juiz Sergio Moro, dentro do acordo de delação...

história Conselhos eleitorais com 2.000 anos de validade

Políticos disputam eleições há milhares de anos. E, antes mesmo de Jesus Cristo nascer,...