financiamento

Campanha barata ou injusta?

27 ago 16
Perfil

Michael Freitas Mohallem* comenta:

 

A última mudança nas regras eleitorais, em 2015, teve a intenção acertada de reduzir custos das campanhas. Ano após ano, partidos e candidatos tiveram de arrecadar e gastar mais para aumentar suas chances de sucesso nas urnas. Essa escalada vinha distorcendo os resultados, já que candidaturas com poucos recursos dificilmente obtinham vagas muito disputadas.

 

Mais do que estabelecer um teto de gastos, a lei criou um mecanismo de redução progressiva dos custos de campanhas eleitorais: do total investido pela campanha mais cara da eleição passada, partidos e candidatos terão que cortar de 30% a 50%. Se a regra for mantida para o futuro, a cada ciclo eleitoral as campanhas serão mais baratas.

 

Mas a regra criou uma incerteza. E se a redução for muito grande e prejudicar a difusão democrática das propostas? Poderia o corte de 50% inviabilizar as eleições de pequenos municípios, que já praticavam custos baixos?

 

Para evitar esse risco, a lei também definiu um valor fixo como piso, e com isso resolveu um, mas criou outro problema.

 

Agora, candidatos e partidos em pequenos municípios terão cortes proporcionalmente menores do que aqueles que disputam as eleições em cidades com mais de 10 mil eleitores. Essa distorção será sentida de forma mais dura em cidades médias, por exemplo aquelas com 10 a 50 mil eleitores registrados.

 

Mesmo com o tratamento desigual entre alguns municípios, a nova regra é positiva. Até a eleição passada, os próprios partidos definiam quanto queriam gastar e as consequências foram eleições menos inclusivas e influenciadas pelo excesso de dinheiro.

 

 

* Professor da FGV Direito Rio

 

 

Fonte: Blog Conexão Eleitoral / OESP

 

Foto: eusemfronteiras.com.br

 

 

Jornalistas, publicitários e especialistas em comunicação política trazem informação e análise para o debate público da atividade.
últimas publicações
notícias Posto Ipiranga barra propaganda de João Dória na justiça

Mônica Bérgamo informa:   O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) aceitou pedido...

exterior Estátuas de Trump nu divertem os EUA

Estátuas que satirizam o candidato republicano à presidência, Donald Trump, foram espalhadas em cinco...

opinião Campanhas para governar, não apenas para ganhar

Donald Trump e Hillary Clinton, em debate na eleição presidencial norte-americana, colocam o dedo...

técnica O voto de garrafa

Aprendi a expressão “voto duro” na Bolívia, quando atuei como consultor na campanha de...

pesquisas Penúria nas pesquisas, vôo cego nas campanhas

A eleição municipal já começou e o mercado de pesquisas eleitorais também está em...

regulação Lei Falcão 2.0 no horário eleitoral: restrições e benefício

Em 1º de julho de 1976 foi promulgada a Lei nº 6.339, batizada em...

financiamento Campanha barata ou injusta?

Michael Freitas Mohallem* comenta:   A última mudança nas regras eleitorais, em 2015, teve...

depoimentos Os Prisioneiros da Caixa 2

Ao final de seu depoimento ao juiz Sergio Moro, dentro do acordo de delação...

história Conselhos eleitorais com 2.000 anos de validade

Políticos disputam eleições há milhares de anos. E, antes mesmo de Jesus Cristo nascer,...