humor

“Eduardo Cunha permitirá que Congresso se chame Arena Odebrecht”

30 mai 15
Perfil

 

The Piauí Herald satiriza o presidente da Câmara Federal:

 

SALA FRIBOI – Após aprovar uma mudança na Constituição que legaliza o financiamento privado de campanhas, o cancioneiro de Orlando Morais e a pizza doce, Eduardo Cunha apresentou seus planos para o segundo semestre. “O momento é difícil e exige criatividade. Precisamos estar abertos para os novos tempos”, declarou, para logo emendar: “Nada mede o tempo como os relógios Longines, novo patrocinador oficial do painel de votação do Congresso.”

 

Após lavar as mãos com panos umedecidos Kleenex –“patrocinador oficial da bancada ética do PMDB” –, Cunha negociou a venda de naming rights de todos os imóveis do Eixo Monumental. “Já temos um acordo para renomear o Congresso de Arena Odebrecht. Paralelamente, graças ao empenho de Gilmar Mendes, o STF está prestes a ser rebatizado de Supremo BTG Pactual.”

 

Cunha não confirmou os rumores de que já é certo que o Itamaraty será administrado por um consórcio formado por PDVSA, Granma e o Partido Comunista Chinês. “Há conversas nesse sentido, sim, mas o esforço de parte importante tanto da base quanto da oposição, notadamente do PSDB, é para que o Ministério seja cedido a um grupo liderado pela OAS, Moët & Chandon e Air France.”

 

O presidente do Congresso informou que ainda não há data para a oficialização do nome Palácio do Planalto Lubrax.

 

Com o intuito de economizar recursos públicos, Cunha pretende que, até o fim do ano, todos os vencimentos dos deputados sejam pagos diretamente pelos patrocinadores.

 

 

cunha-marcas

 

 

REPRODUZIDO DA REVISTA PIAUÍ

 

Arte: revistamdc

 

 

Marqueteiros reproduz notíticas e artigos relevantes sobre a comunicação política, publicados na imprensa brasileira e mundial.

Publicações relacionadas

Fotopotoca, a avó dos Memes

Um negro na disputa pela Casa Rosada

Por uma lei que obrigue políticos a “vestirem” seus doadores de campanha

últimas publicações
notícias Posto Ipiranga barra propaganda de João Dória na justiça

Mônica Bérgamo informa:   O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) aceitou pedido...

exterior Estátuas de Trump nu divertem os EUA

Estátuas que satirizam o candidato republicano à presidência, Donald Trump, foram espalhadas em cinco...

opinião Campanhas para governar, não apenas para ganhar

Donald Trump e Hillary Clinton, em debate na eleição presidencial norte-americana, colocam o dedo...

técnica O voto de garrafa

Aprendi a expressão “voto duro” na Bolívia, quando atuei como consultor na campanha de...

pesquisas Penúria nas pesquisas, vôo cego nas campanhas

A eleição municipal já começou e o mercado de pesquisas eleitorais também está em...

regulação Lei Falcão 2.0 no horário eleitoral: restrições e benefício

Em 1º de julho de 1976 foi promulgada a Lei nº 6.339, batizada em...

financiamento Campanha barata ou injusta?

Michael Freitas Mohallem* comenta:   A última mudança nas regras eleitorais, em 2015, teve...

depoimentos Os Prisioneiros da Caixa 2

Ao final de seu depoimento ao juiz Sergio Moro, dentro do acordo de delação...

história Conselhos eleitorais com 2.000 anos de validade

Políticos disputam eleições há milhares de anos. E, antes mesmo de Jesus Cristo nascer,...